terça-feira, 1 de março de 2011

Tempo, tempo, tempo.

Será que o tempo une mesmo as pessoas?
Ou será que separa?
Sei lá.

Eu só queria que ele não fosse importante o suficiente para deixar de unir...
Não queria que ele fosse tão considerado a ponto de proibir o desejo.

Afinal de contas, o que é o tempo senão um acúmulo de emoções, experiências e trocas?
E nada disso, se faz sozinho.

Beijos.

Senhor do Tempo
Caetano Veloso
Composição: Caetano Veloso e Milton Nascimento


Quando nasce o dia,
O tempo dispara.
Ou será que pára,
Pra ver o sol se levantar?
Quem será que manda na vida?
Quem dá a partida?
Quem que reinventa a luz?
Quem que faz esses azuis?


...Passa o tempo, passa a estrada,
Ou será que nada passa?
Nada conta além da graça do amor.
O Amor que é raio e centro,
Eternidade e momento,
Nosso solidário redentor.
Único Senhor do Tempo,
Amor!

3 comentários:

Li disse...

Hummmm!
Sinto aromas de paixão no ar!
Conta, conta Maricota!!!
Bjos!
Li

Eliza disse...

Ooooops!
Love is in the air!!!!
Adoroooooooo!!
Minha Chef-Arquiteta-Produtora mais linda do mundoooo!
Que saudade da sua comidaaaaa!!
Vi seus pratos na novela das oito! Que chique hein!???

Beijos amiga!

MARIANA RODRIGUES disse...

Oi meninas!
Vcs duas não são fáceis heim??
hehehe!
Eu sou uma mulher apaixonada sim, ora bolas! Pela vida, pelo meu trabalho, pelos amigos, etc etc etc...é só isso que eu posso falar agora, TÁ???
Depois eu conto mais...
Elizinha, continua vendo a novela que vem mais por aí!!!
Saudades de vcs!
Beijos!!!
Mari