sábado, 16 de maio de 2009

"Todo Sentimento..." Bandeira a meio mastro

Estou de luto esta semana. Bandeira a meio mastro...
Estou numa fase sentimental...de pensamentos, palavras, recordações....reflexões profundas e mudanças...
Alguns ajustes estão sendo feitos, daqueles como o sapato apertado que a gente tem que andar e machucar o pé até ele se arrumar e ficar confortável...
Sentimentos estão sendo revistos, ações estão se diluindo, pessoas estão indo...
Estou muito intensa estes dias (mais do que já sou) e como diz o Chico na canção - Todo sentimento, "Depois de te perder, Te encontro, com certeza..."
Esse encontro será pra sempre, será guardado na memória...pois as vezes na vida, é preciso perder para ganhar. Conversei muito sobre isso com minha amiga e também cozinheira, Marina...ela entende bem estas coisas, cozinheiros são seres estranhos...

Minha bandeira anda a meio mastro por isso...e pra completar esta semana passei por um sentimento único, inexplicavél, inesquecível.... mas necessário...
Cheguei à casinha antiga, no bairro de botafogo, com endereço muito conhecido por mim e por quem aprecia a boa comida. Cheguei para um alô, um presente e uma aula...
Cheguei sem acreditar no fato que havia lido alguns dias atrás...cheguei assim, meio sem jeito, cheia de recordações e confesso que com um filme passando na cabeça, deixei uma lágrima cair...
Seria a última vez que estaria pisando ali, depois de quase 5 anos...

Subi, assisti minha aula e, no final, olhei em torno e perguntei pra ela: Aonde vou comer agora minha "loucura de chocolate"? Afinal, passei os ultimos anos sendo fiel a esta sobremesa, e ela sabe que sempre tentava convencer a quem estivesse comigo, a provar outra, assim eu degustava duas...mas com um nó na garganta e tentando não demonstar isso, fiquei esperando a Flavinha Quaresma me responder...ela sorriu, como sempre, mas dessa vez só de canto e me disse que ainda haveriam muitas "loucuras de chocolate"...respirei um pouco aliviada, meio feliz, por saber que ela tomara a decisão certa para sua vida neste "memento vivere", como deixou escapar em sua tatuagem por debaixo da manga do jaleco...mas ao mesmo tempo meio triste por ver o Rio de Janeiro sofrer a ausência de não mais contar com o Carême Bistrô...pois é, a casinha antiga, no bairro de botafogo, com endereço muito conhecido por mim e por quem aprecia a boa comida, fechou as portas hoje...

Será estranho passar por lá e ver as luzes apagadas...

O Carême me proporcionou momentos muito felizes, intensos e divertidos...jantar lá era sempre um evento cheio de risadas e longos papos...passar lá para dar um alô, ver a Flavinha e bater um papinho corrido... eu me lembro que todas as vezes que ela me falava que havia mudado o cardápio, minha pergunta era rapida: Você não tirou "loucura" do cardápio, não é?Ela ria e dizia que isso não faria nunca...
É... e com isso, volto ao Chico..."Pretendo descobrir no ultimo momento, um tempo que refaz o que desfez..."
Assim é a vida...louca, intensa, breve. E pra ser vivida. Com finais para começos...
Vou tentar me acostumar.

Hoje não tenho pontos de exclamação, somente pontos finais esperarando as reticências...
Flavinha, luz na nova empreitada...



Loucura de chocolate


Loucura de Chocolate - Flavia Quaresma

2 comentários:

carlinhos de lima disse...

Presente!
Eu não quero sair da tua vida, das lembranças, de nada!
Por favor, me poupe!
Beijo carinhoso nesse coração.

MARIANA RODRIGUES disse...

Querido! Saudades de vc!
Beijo grande!!!!