quinta-feira, 16 de julho de 2009

A estrada da vida e suas Placas...

Cheguei hoje mais cedo da Serra, fui visitar amigas queridas e relaxar um pouco...adoro fugir assim no meio da semana!!! Quando me dou a este luxo, claro!!!Toda vez que volto de lá, me sinto realizada, completa...dá até vontade de ficar por mais uns dias....
ops! acordei!!!!

Vim no caminho pensando em algumas receitas novas e no meu post de julho - um pouco atrasado - mas fiquei tentando selecionar tantas coisas que me ocorreram nestes dias de inverno, e inverno meeeesmo...não só da temperatura externa mas na interna também. O inverno é bom, nós ficamos como os pézinhos gelados que se encolhem de frio, mas que tem sempre uma meia quentinha pra aquecer...poético né? Mas é isso mesmo, nos aquecemos em pensamentos, livros, rodas de violão, bom papo com amigos queridos com direito a vinho de primeira e boa música!
Foi dificil escolher a pauta deste mês...fiquei entre um corujão poético na Letras e Expressões, que foi inspirador e uma linda apresentação da Orquestra Sinfônica da Petrobrás na Sala Cecília Meireles com Isaac Karabtchevsky! Muito intenso, emocionante, um turbilhão de lembranças me vieram à mente...confesso que já tinha até o texto pronto...mas depois desta viagem de hoje, mudei tudo! Eu sou assim mesmo...um pouco a mais de sensibilidade e pronto...

Bom, mas o que me fez mudar foi a intesidade de pensamentos em apenas 1h e 30 minutos...looongos...
Estou me sentindo estranha, vim no onibus olhando as placas na estrada pensei: como seria bom se na estrada da nossa vida houvessem "placas" para nos dizer o que fazer no momento certo, como por exemplo: Cuidado, Siga em frente, Pare, Diminua a velocidade - curva perigosa, Proibido estacionar, Proibido parar e estacionar, Siga em frente, Dobre à direita, Retorno, Animais na pista (ops!)...
Seria bom né? Acho que "viajei" na viagem!!! E pra completar a situação estava ouvindo Lenine, com a canção "Paciência" e fiquei pensando...olha q dá samba pra minha próxima coluna!!!!!! Eu adoro esta canção do Lenine, todos vocês deveriam ouvir!
tudo começou neste verso:
*
"Mesmo quando tudo pede
Um pouco mais de calma
Até quando o corpo pede
Um pouco mais de alma
A vida não pára..."
*
E foi nesse "pára" que deu o clique!!!! Peguei o papel, que era das receitas, coitadinhas...e comecei a rabiscar as ideias...pensei na vida, nas nossas decisões, na forma como lidamos com os acontecimentos, com as direções que optamos seguir...fiquei imaginando se pudessemos ter a chance de caminhar por um lugar onde tivessem essas placas. Bom por um lado, ruim por outro, como tudo na vida!
Mas depois de algumas 10 vezes ouvindo a mesma música e pensando, começou a chover e eu não pude mais ler as placas...aí vi que o legal da vida é isso...não saber o que vem na próxima curva... e tudo ficou mais leve, mais claro e menos previsível! A vida é feita de "Quebra molas" mas dá pra levar isso numa boa, sem estresse... mas com muita "Atenção"!!!!!


E vocês? Me digam em que placa gostariam de se deparar neste exato momento da vida? Porque eu, com todo este friozinho por aqui, continuo andando na estrada, mas confesso que na dúvida entre o "Siga" e o "Pare" ou quem sabe no "Diminua a velocidade - curva perigosa", afinal de contas num piscar de olhos, eu já perdi a placa "Pare", acabei seguindo em frente e quando vi...fui parar na "Pista escorregadia" ai, ai, ai....
To querendo agora encontrar aquela famosa: "Ultima saída - retorno"

Enfim, depois dessa, minhas receitas ficaram na estrada e... meu conselho: mesmo que a gente encontre a placa "na dúvida, não siga" na caminhada da vida, muito "Cuidado" porque, mesmo que a gente entre numa "Pista escorregadia", tem sempre um "Pronto Socorro" na próxima!!!!!

Vale a pena arriscar e seguir o coração!

Um beijo e até a próxima!





8 comentários:

Thiago disse...

Muito bom o post. Fiquei curioso para saber que tipo de receita nasceu nessa viagem.
E qnto a placa ... acho que seria: "Felicidade 10km" hehehehe

Bjs!

MARIANA RODRIGUES disse...

Oi Thiago!
Adorei a sua placa!!!!
Obrigada pela visita!!!!
Beijo grande!
Mari

fabricia disse...

Prima,
Parece até que era pra mim... estranho, né? mas até pra seguir em frente, esteja pronto para qualquer outra placa a qualquer momento... o pior, é quando NÃO vemos os sinais...
Adorei o texto, parabéns!!
bjsssssssss

MARIANA RODRIGUES disse...

oi Prima querida!
Por isso gosto de escrever! A gente escreve algo que é para nós e quando nos damos conta...é para todos...
Nós temos as mesmas questões, os mesmo desafios...
Com certeza, temos que olhar com muita atenção a proxima curva!!!E sempre de cabeça erguida!!!!
Obrigada pela visita!Volte sempre!
Beijos e saudades!
Mari

Denise Linhares disse...

Oi Mari,
Pensando sobre suas descobertas pelo "meio do caminho" lembrei de umas palavras q lí há algum tempo; o tempo q temos nos faz ter privilégios ou não de ler as "placas".
"Ñ há tempo para a monotonia do previsível,há tempo para o trabalho. E tempo para o amor.Isso nos toma todo o tempo" Channel
AMIGA AS PLACAS ESTÃO LÁ NÓS É q as vezes INSISTIMOS EM N SEGUÍ-LAS. (ainda bem)
Um xêro

MARIANA RODRIGUES disse...

Oi Dê querida!
Adorei a frase e comentário!
Você tem toda razão!!!Viva as placas!!!!
Saudades de vc!!!!
Beijos!!!
Mari

Mariana disse...

Oi Mari!!
Adorei o seu texto! Muito legal as comparações que você fez! Realmente a vida é assim mesmo, como descreveu.. e se soubessemos o quem pela frente, tudo seria muito fácil né!?
Beijos,
Mari (Namorada de Gustavo, amigo do Matheus! =0) hihihihi...)

MARIANA RODRIGUES disse...

Oi Mari querida!
Adorei su visita! Pois é! A vida é uma caixinha de surpresas mesmo!!!!
Volte sempre!!!!
Um beijo grande!!!!!!!
Mari