sexta-feira, 18 de junho de 2010

Pula fogueira iaiá!!!

Eita mês bão sô!!!! É isso mesmo pessoal, estamos em junho o mês de comemoração da festa junina!!! E eu confesso que é umas das festas que mais gosto durante o ano!!! Claro, só tem comida boa, dança bonita, música boa e gente interessante também! Eu costumo participar de festas juninas maravilhosas, inclusive quando eu era criança fazíamos uma na minha rua com uma fogueira enorme! Era muito gostoso! Tempo bom aquele! Podíamos ficar na rua até tarde, fazendo a maior farra!



Mas de onde veio isso tudo? Pois é, a festa junina diz a lenda, que não tem esse nome porque é comemorada em junho não, mas sim porque é o dia de São João, e assim joanina, logo junina. Na antiguidade as pessoas faziam rituais com a fogueira para espantar o mal olhado nas plantações. A tradição Católica veio lá da terrinha de Cabral em comemoração ao dia do Santo, 24 de junho. Foram introduzidas comidas típicas brasileiras, principalmente do Nordeste onde ela é comemorada como o carnaval! Alem disso temos a famosa quadrilha! Eu adoro essa parte!

A quadrilha surgiu na França no século XVIII e tem como origem as danças inglesas. A guerra dos Cem Anos entre França e Inglaterra, serviu também para promover uma transferência cultural entre eles. A França adotou a quadrilha e levou-a para os palácios, tornando-a assim uma dança nobre. Rapidamente se espalhou por toda a Europa, sendo assim uma dança presente em todas as festividades da nobreza. Quando a Corte Portuguesa chegou ao Brasil no século XIX, trouxe-a junto e com isso ela ficou muito conhecida e popular para o nosso povo!

É incrível, mas em cada pedacinho do nosso país ela tem a sua receita especial, em São Paulo, por exemplo, no Vale do Paraíba, onde morei um ano, eles faziam um bolinho maravilhoso com fubá e carne recheada que era uma loucura...eu corria pra comer um monte na festa!

A nossa cultura indígena trouxe-nos ainda o milho, que é a base para quase todas as receitas da festa! Canjica, milho verde, bolo de fubá, pamonha....Temos ainda o doce de leite, paçoca, quentão... xiiiii, é muita comida boa!!!!Tudo isso ao som inconfundível da sanfona que toca as musicas típicas!

Vamos aproveitar essa festa maravilhosa, rica em cultura gastronômica, musical e de dança?
Então, prepare sua caipira, seu chapéu, faça bolinhas no rosto e coloque aquela gravatinha com a caixinha de fósforo no pescoço e vamos à dança!!! Quer dizer, à cozinha primeiro!!!!

Isso aqui tá bom demais!!!Viva São João!!!


Canjica com farofinha de paçoca e laranja confit


Por Mariana Rodrigues
Rende aproximadamente 6 porções

Para a paçoca de amendoim

06 paçoquinhas de boa qualidade - daquelas que compramos no mercado mesmo!

Desfaça bem todas as paçoquinhas e reserve.

Para o confit de laranja
150ml de água
150ml de açúcar
25ml de conhaque de boa qualidade
Raspas ou zestes da casca de uma laranja, sem a parte branca, só a casca

Dê uma leve brangida (mergulho) em água quente nas raspas de laranja para cortar um possível amargor.
Ferva a água com o açúcar e o conhaque até formarem uma calda. Mergulhe as raspas e deixe reduzir um pouco até ficarem levemente açucaradas. Reserve.

Para a canjica
200g de canjica de milho branco
1,5 l de água
260ml de leite de coco
100g de coco fresco ralado
260ml de leite
240g de açúcar (ou leite condensado à gosto - eu adorooo!)
2 pedaços de canela em pau
½ fava de baunilha

Coloque a canjica crua numa vasilha coberta com água e deixe descansar por uma noite. Assim ela irá ficar mais macia e o tempo de cozimento será menor.
Escorra e coloque numa panela de pressão com a água e deixe cozinhar por uns 30 minutos até ficar bem macia.
Abra a panela de pressão, retire o liquido e acrescente os demais ingredientes menos o coco fresco ralado.
Corrija o açúcar e deixe ferver até reduzir 25% do liquido. Acrescente o coco ralado fresco e ferva por mais 5 minutos.
Coloque a canjica em potes individuais

Finalização

Coloque por cima da canjica a paçoca triturada e a laranja confit.
Sirva quente.


Dicas:
Ligue o seu som com uma musica caipira e Voìla!

Ah! E nada de soltar balões e deixar lixo nas ruas, hein pessoal????
Só vale se dirvertir!!!!

3 comentários:

Alexander disse...

Bom, canjica com paçoca e confit de laranja é demaaaaaaaais de bom!
Quero festa junina o ano todo.
vou comer ou dançar?
dançar ou comer?
Eis a questão!!!!
bj
Alex

Patricia Buono ® disse...

Amei a receitinha e mais ainda, um mergulho na historia , religiao e cultura local. Tudo certissimo. AMEEEEEEEEEEEEEEEI... E o arrasta pé é baum demais... Viva Sao Joao.
Beijos e carinhos
Pat

MARIANA RODRIGUES disse...

É isso aí pessoal!!!!
Viva São João!!! Vamos aproveitar pra botar o esqueleto pra mexer!!!
Obrigada pelo carinho e visita!!!
Beijosss!